15 - Como são as baterias do Implante Coclear?

Baterias do Implante Coclear

O Implante Coclear (IC), assim como qualquer outro equipamento eletrônico, precisa de uma fonte de energia para o seu funcionamento. Essa fonte podem ser as baterias p675, baterias recarregáveis do tipo DaCapo ou pilhas tipo AAA para alguns modelos mais antigos de processadores de fala.

O IC é composto de duas partes: interna e externa. A interna é aquela introduzida cirurgicamente no sistema auditivo humano, composta de uma antena receptora, um microchip e um feixe de eletrodos. Esses componentes funcionam através de radiofrequência e não precisam de abastecimento por baterias. Já a parte externa do IC é composta por uma antena transmissora, um processador de fala e um microfone, esses dois últimos frequentemente dispostos em um único aparelho, que, na maioria dos casos, recebe três baterias descartáveis do tipo p675 ou uma única bateria recarregável.

O tempo de duração das baterias é variável, dependendo da programação individual do IC e dos sons do ambiente. Quanto mais alta for a velocidade dos pulsos elétricos do aparelho por segundo, maior será o consumo das baterias. Da mesma forma, quanto mais ruidoso for o ambiente em que a pessoa estiver, mais rápido será o consumo das baterias. Também, o tempo de exposição do indivíduo a esses ruídos (ouvir músicas constantemente, por exemplo) e o uso do Sistema FM diminuem consideravelmente a vida útil das baterias.

As baterias p675, normalmente comercializáveis em uma embalagem com seis unidades e que custa em torno de R$7 a R$12, possuem uma média de duração de 24 a 30 horas ininterruptas (desconsiderando o período de dormir, em que o usuário de IC retira o aparelho). Segundo Sandra Laranja, fonoaudióloga responsável pela franquia Phonak em Bauru, também há baterias p675 modelo Implant Plus, que duram, em média, três dias. Já as baterias DaCapo costumam durar de 7 a 16 h, levando cerca de 3 a 4 horas para serem recarregadas, e seu tempo de vida útil é de dois anos. As pilhas AAA, para modelos mais antigos de IC duram em média três dias.

É importante lembrar que pilhas e baterias descartáveis não são recarregáveis sob nenhuma hipótese, e essa tentativa pode ocasionar vazamentos do produto e danificar os IC. Todos os tipos de baterias devem ser corretamente descartadas em postos de coleta de pilhas e equipamento eletrônicos (sendo a ADAP um deles) para que o meio ambiente não seja prejudicado.

Quem é associado da ADAP conta com descontos na aquisição das baterias e auxílio no conserto e manutenção de carregadores e baterias recarregáveis. A fonoaudióloga da instituição, Marcella Giusti, dá orientações valiosas sobre como conservar as baterias por mais tempo: “As baterias recarregáveis podem ser colocadas no desumidificador elétrico juntamente com as outras partes do aparelho, afim de que seja retirada qualquer umidade que possa vir a danificar ou acarretar em mau funcionamento. É importante a realização da limpeza nos contatos dos carregadores também. A limpeza pode ser realizada com escova de dentes infantil seca”, afirma Marcella.

Outra dica se refere às baterias descartáveis que, quando não estiverem em uso, devem ser mantidas com o seu selo de proteção adesivo para conservar o seu tempo de vida útil. Sandra também lembra que, após retirar o selo adesivo da bateria, deve-se esperar uns dez segundos antes de colocá-la no IC, e sempre conservá-la longe do calor e da umidade.

Guia
Tech 4 Health
Vantagens

Faça sua doação

Contatos
Telefones:

(14) 3226-3388 (14) 3202-6091 (14) 3202-6092


Email:

Adap © 2019 - Todos os direitos reservados