62 - Quais são os recursos de conectividade presentes nos processadores de Implante Coclear?

A conectividade dos atuais processadores de Implante Coclear

Confira quais opções de acessórios sua marca de IC oferece

* Matéria publicada em julho de 2017.

A pedido dos leitores do site em nossa Pesquisa de Opinião ADAP, a matéria de hoje é sobre as opções de conectividade nos processadores de Implante Coclear (IC) comercializados no Brasil. Para complementar as possibilidades de escuta de seus usuários nas mais diversas situações auditivas, a maioria das marcas de IC dispõem de processadores habilitados a se conectar, através de cabos ou de conexões sem fio, a outros aparelhos (como os Sistemas FM, por exemplo), ampliando os recursos auditivos de quem ouve por meio de IC.

A ADAP entrevistou representantes de três marcas de Implante Coclear em nosso país, para saber mais sobre a conectividade e os acessórios disponíveis nos kits dos processadores. A apresentação dos equipamentos abaixo está de acordo com a ordem alfabética dos nomes das empresas. Clique nos links para saber detalhes da funcionalidade de cada um dos acessórios descritos. Apenas a Neurelec/Oticon não retornou a nossa entrevista, por isso não há menções aos processadores desta marca e sua conectividade.

Advanced Bionics (AB)

Segundo a fonoaudióloga gerente de produtos Tatiana Mendes de Melo, os modelos de processadores Naída Q70 e Q90 possuem conectividade com vários acessórios Phonak, pois as empresas são parceiras e pertencem ao Grupo Sonova. Os acessórios compatíveis com os dois processadores citados acima são o Phonak EasyCall, o Phonak ComPilot, o Phonak RemoteMic, o Phonak TVLink II, o Sistema FM e o Sistema Roger. Destes acessórios, o ComPilot e RemoteMic vêm no kit do Naida Q70. No kit do Naída Q90, vêm o ComPilot, o RemoteMic e o Roger. 

Além dos acessórios Phonak, também há o controle remoto AB MyPilot e o aparelho auditivo Naída Link (solução bimodal). Ambos têm conectividade sem fio com os processadores Naída Q70 e Q90, mas devem ser adquiridos separadamente em relação aos kits.

Os processadores anteriores da AB, Harmony e Neptune, também têm conectividade com os Sistemas FM e Roger da Phonak. E os quatro processadores têm o recurso T-Coil, que permite a conectividade com sistemas de indução magnética. Apenas no Neptune este recurso não vem integrado ao aparelho, mas está disponível no acessório T-Comm, vendido separadamente.

Em relação a acessórios com fio, o Harmony e o Neptune vêm com cabo de áudio nos kits. E para o Harmony e os dois modelos Naída, o T-Mic também é considerado um acessório, pois ele é um microfone extra que se localiza na ponta dos ganchos dos processadores e vem nos kits dos modelos citados acima.

Cochlear

Os processadores de Implante Coclear mais recentes da Cochlear, Nucleus 6 e Kanso, têm conectividade com os acessórios sem fio da mesma marca, que são o Phone Clip, o Mini Microphone 2/2+ e o TV Streamer, de acordo com a fonoaudióloga e assessora técnica Agatha Joner. O usuário pode escolher entre o Phone Clip ou o Mini Microphone 2 para acompanhar o kit do Nucleus 6. Já o kit do Kanso vem com o Mini Microphone 2+. O acessório TV Streamer é vendido separadamente. 

Os dois processadores também contam com um controle sem fio (Assistente Remoto CR230), com a compatibilidade com os Sistemas FM (no Kanso, a adaptação do Sistema FM se faz através do Mini Microphone 2+) e com o recurso T-Coil, que permite a conectividade com sistemas de indução magnética. Em relação a acessórios com fio, o Nucleus 6 vem com cabos de áudio e de TV no kit para adultos, e o Kanso não possui entrada para cabos.

Já os processadores Nucleus 5 e Freedom, versões anteriores da marca Cochlear, também contam com cabos de áudio e de TV em seus kits. E, no que diz respeito à conectividade sem fio, ambos possuem o recurso T-Coil e compatibilidade com Sistemas FM. No kit do Nucleus 5 vem o Assistente Remoto CR110 e, além disto, este processador tem o T-Coil automatizado, pois a telebobina conecta-se imediatamente ao detectar o estímulo do telefone).

MED-EL

Os três processadores atuais da MED-EL (Opus 2, Rondo e Sonnet), segundo a fonoaudióloga de suporte clínico Marcela Stefanini, são compatíveis com os Sistemas FM que possuam receptor universal, bem como o Sistema Roger da Phonak (comercializado separadamente dos kits dos processadores). Inclusive houve o lançamento recente do Roger 21, que possui o receptor integrado para uso no Sonnet (ainda aguarda processo regulatório para comercialização no Brasil). O Sonnet também já está preparado para a tecnologia 2.4GHz, porém, o dispositivo que fará a comunicação direta com o Sonnet ainda não está disponível para vendas. 

Os três processadores também dispõem do controle remoto FineTuner e têm o recurso T-Coil, que permite a conectividade com sistemas de indução magnética. Em relação aos acessórios com fio, um cabo de áudio acompanha todos os kits dos processadores para ser usado como um fone de ouvido.

Facilitando a compra: a ADAP publicou outra matéria, em 2016, a respeito de como os implantados podem solicitar a manutenção, o upgrade ou a compra de peças de Implante Coclear através do SUS (veja aqui). Lembrando também que associados ADAP possuem até 15% de descontos na compra direta de acessórios das marcas Advanced Bionics, Cochlear e MED-EL (veja aqui como se associar).

 

* Créditos das imagens: National Institutes of Health, part of the United States Department of Health and Human Services (primeira foto), Advanced Bionics, Cochlear e MED-EL (segunda, terceira e quarta fotos, respectivamente).

Por Ana Raquel Périco Mangili.

Guia
Tech 4 Health
Vantagens

Faça sua doação

Contatos
Telefones:

(14) 3226-3388 (14) 3202-6091 (14) 3202-6092


Email:

Adap © 2019 - Todos os direitos reservados