O reimplante de Marineide Camilo Pereira

Marineide Camilo Pereira foi a quinta pessoa a receber um Implante Coclear no Brasil, através do Centrinho de Bauru/SP, em agosto de 1991. Ela escreveu a sua história na Coluna ADAP em agosto de 2014, e agora retorna para contar sobre o seu reimplante, que ocorreu em janeiro de 2017, após o componente interno do seu primeiro IC parar de funcionar. Marineide ilustra bem a questão da perseverança nos treinamentos auditivos em busca de uma melhor qualidade sonora. Acompanhe a seguir seu relato!

-----

“Fiquei com o meu primeiro Implante Coclear por 26 anos, e não conseguia imaginar um único dia da minha vida sem ele, apesar das pessoas acharem que a qualidade da minha audição não fosse tão boa, pois sempre precisei fazer leitura labial.

Tive que reimplantar porque o componente interno dele parou de funcionar. Nunca soube qual foi o motivo exato, mas me disseram que, de certa forma, isso já era esperado, provavelmente devido ao longo tempo de uso. Lembro que, em 2013, quando as falhas começaram a aparecer, eu sentia muita estimulação, dor de cabeça persistente e insônia, o que me incomodava muito.

Os médicos optaram pelo reimplante após analisarem o resultado de um exame que fiz em junho de 2016, chamado de Teste de Integridade. Diferentemente da primeira operação, desta vez não tive medos, pois sabia que teria que enfrentar minha nova situação e que era melhor encarar os fatos sem criar expectativas e aceitar os resultados pós-reimplante.

Minha nova cirurgia foi realizada no dia 31/01/2017, no mesmo hospital da primeira vez, o Centrinho de Bauru/SP, porém, com uma nova equipe médica. Foi tudo muito rápido. No dia 30/01, fui aprovada em todos os exames de triagem e fui internada às 17h. Às 6h do dia seguinte, fui para o centro cirúrgico, e minha operação durou 05h e 45min. Foi demorada e difícil, pois tiveram que reimplantar do mesmo lado da primeira vez e minha cóclea é muito calcificada.

Mesmo assim, tive uma ótima recuperação, e os resultados, segundo os médicos, foram melhores do que o esperado. Meu pós-cirúrgico foi super tranquilo, assim como na primeira vez, não tive nenhum problema, não senti tonturas, dores ou ânsias, o que me deixou muito feliz. O corte foi bem menor do que na primeira vez, rasparam bem menos o meu cabelo e não levei pontos externos. Recebi alta hospitalar 48 horas após a cirurgia e fui embora de Bauru no dia seguinte.

No dia 07/03/2017, voltei ao hospital para fazer a ativação. A fonoaudióloga conseguiu ativar todos os dez eletrodos inseridos durante a cirurgia, mas eu não gostei do resultado de imediato, porque não conseguia ouvir praticamente nada ao meu redor, as vozes eram meros murmúrios e não gosto nem de lembrar o quanto fiquei triste neste primeiro dia. No segundo dia, retornei ao hospital e pedi por uma justificativa que explicasse essa audição tão diferente. A médica me disse então que nenhuma tecnologia é capaz de resolver tudo de uma hora para a outra e que eu deveria ter paciência e muita perseverança até me adaptar ao novo implante, pois este é diferente do primeiro.

Estou fazendo novos mapeamentos a cada três meses, e novos sons e resultados estão surgindo e me surpreendendo. Sigo reaprendendo tudo novamente e faço terapia fonoaudiológica duas vezes por semana, com uma ótima profissional. Em casa, quase não tenho tempo para seguir à risca todas as recomendações dela, mas já estou ouvindo muito melhor a cada dia que passa. Estou muito feliz e sei que, em janeiro de 2018, quando terminar minha fase de adaptação ao Implante Coclear, terei alcançado todos os resultados esperados.

Deixo meus agradecimentos à toda a equipe do CPA, pelo ótimo atendimento, e também às duas pessoas que Deus colocou em minha vida e se fizeram presentes nos momentos em que mais precisei, acompanhando-me nos dias em que fiquei em Bauru para os procedimentos da minha nova cirurgia. Essas pessoas são minhas queridas e adoráveis amigas Débora Rodrigues e Carla Andressa, que têm minha eterna gratidão.

Marineide Camilo Pereira”.

-----

Guia
Tech 4 Health
Vantagens

Faça sua doação

Contatos
Telefones:

(14) 3226-3388 (14) 3202-6091 (14) 3202-6092


Email:

Adap © 2018 - Todos os direitos reservados